quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Torta de liquidificador

Há anos eu não comia uma dessas tortas de liquidificador... Para mim elas tem gosto de infância, minha avó paterna sempre fazia. 
Dia desses me deparei com alguns "restos" na geladeira e um alho poró quase vencendo. Normalmente esse é o cenário perfeito para um bom omelete, mas dessa vez resolvi fazer diferente e lembrei que a Tati, do Panelaterapia, sempre usa uma receita de massa liquidificador "infalível". 
Quase não modifiquei a receita dela, só usei um pouco menos de azeite e coloquei salsinha e pimenta do reino na massa. 

A cobertura é de acordo com a vontade do "freguês". Eu usei:
1 alho poró;
2 dentes de alho;
1 punhados de azeitonas pretas fatiadas;
1 punhado de champignon em conserva;
8 tomates cereja;
alecrim fresco;
manjericão fresco;
azeite de oliva;
sal;
pimenta do do reino. 
Piquei todos os ingredientes, misturei e temperei com o sal, o azeite de oliva e a pimenta do reino. Deixei descansando enquanto fazia a massa. 

Para a massa, coloquei no liquidificador:
1 copo de leite;
1/3 copo de azeite de oliva; 
3 ovos;
1 e 1/2 copo de farinha de trigo;
1 colher (café) de sal;
pimenta do reino moída na hora (a gosto);
3 colheres (sopa) de parmesão ralado;
1 punhado de salsinha picada;
1 colher (sopa) de fermento químico em pó.

A Tati dá a dica: "sempre que for usar fermento em uma massa de liquidificador, bata todos os ingredientes e adicione o fermento só no fim. Quanto menos ele bater, maior será sua capacidade de fermentação".
Despejei a massa em uma fôrma untada e enfarinhada, espalhei a cobertura e levei ao forno médio, pré-aquecido, para assar. Eu fiz em uma fôrma grande, porque queria que ela ficasse bem baixinha, então assou rápido (30 minutos). O tempo vai variar com a fôrma e o forno. Para saber se a sua está assada, faça o teste do palito. 

Sugestão: comer quentinha, regada com um bom azeite de oliva e uma cerveja bem gelada. Precisa mais?

15 comentários:

  1. amei!!! super saudável e fácil de fazer... agora que tenho a dica da massa, a cobertura vai ser com aqueles famigerados restos de geladeira... bon apettit!!!
    Beijos da amiga, não tão gourmet,
    Cris

    ResponderExcluir
  2. Ju, vc conseguiu dar um toque de glamour na torta de liqui! Isso que é luxo amiga!
    :))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo que vem do Panelaterapia tem glamour Tati, kkkkk.

      Excluir
  3. Delícia, delícia, assim você me mata...kkkk Guria,..isso deve ser muito bom!!! Bjos e já estava com saudades!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O blog tava meio abandonado, mas agora vou retomar. Essa receita é bem fácil e rápida. Ótima para ti Re, que curte um cardápio mais vegetariano!

      Excluir
  4. Ju, essa sua torta ficou demais...achei uma combinação de ingredientes muito pheeeenos e com a cara da riqueza!
    Que bom que voltou a escrever, sinto falta de te ler (e to com saudades de te ver tb!)
    Bjs
    Sara

    ResponderExcluir
  5. Ultimamente é mais fácil me ver do que me ler... Mas prometo que vou retomar o blog, estava com saudades da minha "vida de blogueira"!

    ResponderExcluir
  6. Que ótima torta!!!
    Adoro esses pratos que "salvam" o jantar sem muito esforço!!!rs
    Bjos
    Tania

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa torta foi bem assim Tania! Salvadora... Sabe quando a gente está com vontade de comer algo quente e sem a menor disposição para cozinhar?

      Excluir
  7. Olá Juliana,
    Que linda torta e que tentadora ficou.
    Beijinhos,
    Lia

    ResponderExcluir
  8. Está linda e com toda a certeza muito saborosa.
    Gostei muito.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Vou experimentar, substituindo o leite e os ovos por soluções veganas - as fotos ficaram convidativas! :)

    ResponderExcluir
  10. Delícia!! Receitinha anotada para fazer para o povo aqui de casa jantar consumindo legumes!! Bjs

    ResponderExcluir
  11. Juliana, que bela torta de liquificador! Valeu pela reprodução das dicas do blog Panelaterapia - um excelente blog de culinária, assim como o seu!

    ResponderExcluir